That Girl: À Conversa com: André Carneiro!

domingo, janeiro 22

À Conversa com: André Carneiro!


com


O André é um ex-concorrente do The Voice, na segunda edição e, neste momento tem um álbum e faz concertos e canta pelas ruas do Porto. Foi aí que descobri o André e foi aí que fiquei encantada com a sua voz, mais uma vez. Para quem quiser, vou deixar aqui a atuação das Provas Cegas do André, no The Voice. E, sem mais demoras, vamos conhecer um pouco mais do André! Visitem a página oficial dele.

"Olá André. Antes de mais quero-lhe agradecer a oportunidade e o privilégio que me está a dar por lhe poder fazer estas perguntas. Desde que vi a sua atuação no The Voice Portugal, na segunda temporada, em 2014, fiquei estupefacta com o seu timbre, com a maneira que se entregava à música e como a sentia. Mas quando o vi a cantar pelas ruas do Porto pude ter a certeza de que isso mesmo era real! Por isso mesmo, tenho o orgulho de lhe fazer estas perguntas e, sem mais demora, vamos ao importante.

1. Começou por cantar nas ruas do Porto, como muita gente sabe. O que o motivou a fazê-lo?
O motivo principal foi que realmente era a unica forma de me dar a conhecer ás pessoas,mas também porque queria só fazer musica da minha vida.

2. Todos sabemos que não é fácil cantar na rua pois são poucos os que param para ouvir e para aplaudir. Alguma vez sentiu que ninguém o ouvia e que não estaria a fazer a coisa certa em estar ali a cantar?Todos os dias são diferentes,dias que para muita gente dias que não para niguém,sim por vezes sinto-me inseguro se é o caminho certo, mas acho que toda a gente sente isso .
3. O Porto é uma das cidades turísticas de Portugal e é visitada por muitas pessoas de todo o país e estrangeiro. Quem costuma dar mais valor à sua música e ao que faz? Os portugueses ou os estrangeiros?Os dois de maneiras diferentes,provavelmente os estrangeiros param mais e apreciam mais mas também porque estão de férias o que contribui para a situação.

4. Como é que surgiu a ideia de entrar para o The Voice Portugal?Foi com um grupo de amigos Pedro Resende e o Nuno Ribeiro que ficou em 4 lugar na altura.

5. Foi o Mickael Carreira que carregou no botão. Como foi trabalhar com ele? Sentiu-se triste e desmotivado quando só viu uma cadeira a virar?Pelo pouco que conheci dele pareceu-me ser bastante humilde e calmo. Sim senti-me mas depois percebi que realmente não importa e que não define nada.

6. Cantou “Cannonball” como primeira música, nas provas cegas, na qual se saiu muito bem, posso lhe dizer. Escolheu esta música porque tem algum significado ou porque era uma das suas músicas favoritas e encaixava-se no seu estilo de música favorito?Escolhi essa musica, porque Damien Rice é uma das minhas infuencias e um artista fantastico que tive prazer de o ver ao vivo, pode-se dizer que é o meu estilo.

7. Nas batalhas cantou Broken Strings com a Inês Guedes. Como foi ensaiar e atuar com ela? O que sentiu quando disseram que estava “a salvo”?Não ensaiamos muito,mas a Inês sempre me apoiou lá no programa, nao correu muito bem porque era uma pressão enorme já naquela fase, como disse anteriormente, senti aquela tensão toda a dispersar porque estava uma pilha de nervos.

8. Foi no tira-teimas que acabou a sua jornada no The Voice Portugal, com a música “Canção do Engate”. O que acha que correu mal para não conseguir passar à próxima fase?Uma série de razões,nas batalhas nao tive muito bem o que dificultou a fase a seguir, mas ainda bem que foi assim.

9. Quando foi eliminado do The Voice sentiu que afinal a música não era para si?Secalhar nas primeiras semanas, mas depois percebi o que realmente importa que é compor,escrever,fazer música e tocar ao vivo e interagir com as pessoas.

10. Continua a cantar nas ruas e já fez vários concertos como em França, por exemplo. Custou continuar a lutar pelos seus sonhos, quando saiu do The Voice, ou só fez com que tivesse mais força para continuar a lutar?Luto todos os dias e quando me entreguei à musica vou para onde ela me levar, sempre mais forte porque é algo que realmente amo.

11. “Empty Pages” é o seu álbum. Está orgulhoso do álbum? Qual é a sua música favorita em todo o álbum?Estou muito orgulhoso algo simples só eu e a guitarra,provavelmente a where i belong porque foi algo que escrevi em 20 minutos.

12. Qual é o feedback que recebe em relação ao álbum? O seu antigo mentor do The Voice conhece este seu álbum?O maior feedback é na rua ou em concertos quando perguntam de quem é a musica porque pensam que é um cover e para mim é um elogio enorme,provavelmente nao conhece ele é ocupado ahah.

13. Caso deixe a música, qual é o seu plano B?Sinceramente nao tenho plano b,e posso dizer que o dia que tiver um plano b é porque já nao acredito no que faço e aí sim iria fazer algo diferente,passo a passo sempre com os pés no chão tudo se consegue.

Agora que já se conhece um pouco do percurso artístico do André vamos conhecer um pouco do seu percurso pessoal e de quem é o verdadeiro André Carneiro.


14. Quem é e como é o André Carneiro, sem estar num palco, numa rua ou num estúdio?Uma pessoa super tranquila,alegre e bem disposta,sempre com piadas para contar.

15. De todos os concertos que já fez, qual foi o seu favorito? Qual foi aquele que causou maior impacto e que ficou na sua memória?São todos diferentes,acho que é mesmo na rua quando paro 100, 200 pessoas é algo tão mágico.

16. É normal ser reconhecido na rua tendo em conta o seu percurso. Qual foi a cena mais caricata que alguma fã lhe fez ou lhe disse?Acho que é os autógrafos,porque fico sempre constrangido e lisonjeado ao mesmo tempo.

17. É habitual que os artistas tenham um ritual antes de entrarem em palco para atuar. Tem algum ritual? De onde surgiu?Normalmente é beber chás e aqueçer um pouco a voz, para poder ter mais rendimento e a voz durar mais.

18. Quais são os seus sonhos? Continua com os mesmos sonhos desde que era criança?Mudaram um pouco, o meu sonho é ter uma carreira sólida com pessoas que realmente ouçam a musica a letra e a mensagem.

19. Todos nós temos uma memória, de quando éramos crianças, que nos marca. Qual é a sua melhor/pior memória que o marcou?Melhor memória de cabeça provalmente foi quando pedia brinquedos as pessoas desconhecidas nos supermercados, era uma criança com lata.

20. Este pode ser daquelas perguntas muito cliché, mas o que o faz feliz? Quem é que o motiva a continuar dia após dia?Música faz-me feliz os amigos e uma pessoa especial que me diz e mostra o lado positivo das coisas.

21. Se fosse Rei e Portugal o seu reino, o que mudaria?Mudaria ou tentaria mudar a maneira que como as pessoas julgam tudo e todos,mais igualdade e mais partilha que é o que falta em portugal.

22. Qual é a coisa essencial que tem que ter sempre à mão?Chiclas para evitar o tabaco.

23. Com quem gostaria de partilhar um palco?Passenger,Ed sheeran,Damien Rice, Foy Vance, Chris Stapleton se algum deles quiser diz-me

Para finalizar esta entrevista e para não me alongar muito mais, tenho apenas mais duas perguntas.
 
24. Que mensagem gostaria de transmitir aos seus fãs por todo o país e estrangeiro?Que vou dar sempre o melhor, trabalhar e escrever e escrever sempre com sentimento e com verdade na musica, tentar fazer o máximo de albums possiveis.

25. O que diz o seu coração?Que estou feliz,e que sinto-me grato por poder fazer musica da minha vida, algo que nunca trocaria por nada,
obrigado eu pela oportunidade :)"

Aqui está alguém com amor àquilo que faz. Foi um prazer enorme, tal como referi, fazer esta entrevista ao André. É uma pessoa humilde e sabe aquilo que quer.
Como não podia faltar, tive que tirar um foto com ele, quando o vi no Porto. Na foto está também a minha irmã.



com

O que dizem do André? Já o conheciam?

11 comentários:

  1. Não conhecia. Mas gostei de conhecer :)

    ResponderEliminar
  2. O André é extraordinário, com um talento que não passa despercebido! Espero mesmo que tenha um futuro brilhante, porque merece.
    Adorei a entrevista *.*

    r: Muito, muito obrigada, minha querida*

    ResponderEliminar
  3. Não o conhecia, mas adorei a entrevista...top =)
    Beijinhos**

    http://anaandstyle.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Já tive o prazer de entrevistar o André e é um ser humano fantástico e cheio de talento :)
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Gostei imenso da entrevista!
    beijinhos
    https://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Lembro-me dele do The Voice e também acho que já o vi na rua santa catarina :D Gostei muito da entrevista!
    Beijinhos <3

    www.losingmamind.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. Adorei esta entrevista. Transparece humildade e noção da realidade.
    Gostei :)

    ResponderEliminar
  8. Não o conhecia porque não assisti ao programa ...mas adorei conhecer sem dúvida.
    Excelente post.
    Beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. Ele canta mesmo muito bem... E acho tão giro isto de tocarem na rua :)

    ResponderEliminar
  10. Olá Melanie, Gostei do teu blog, principalmente desta "parede das entrevistas", não conhecia o André, ou melhor, não me recordo muito, até porque não segui diariamente o programa, espero que tenha sucesso!

    Espero que continues com estas entrevistas, gostei!

    Um Jovem... Quase Adulto!

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelo teu comentário! É muito importante!