That Girl: T.S- Saudade...

sexta-feira, outubro 9

T.S- Saudade...



Não sei o que fazer. Há um pressão enorme no meu peito. Ter vontade de chorar mas não conseguir. Ter vontade de fugir para longe daqui, ter vontade de abraçar, de te beijar. Saudades de te dizer bem baixo ao ouvido "eu estou aqui!". Mas não passam de vontades, vontades essas que não consigo concretizar.
Quando me deito, penso em ti. Deve ser por isso que sonho todas as noites contigo, connosco. Nunca falei a sério de uma coisa como estou a falar agora. Sinto uma dor enorme no peito, já é o limite do sofrimento, é matar-me aos poucos por dentro, uma dor lenta mas que mata. Toda a gente sabe o seu nome, chama-se saudade, mora no peito de muita gente, que chega a sufocar.
Quantas vezes já não passei o dedo numa fotografia tua? Acho que dentro de mim há algo que acredita que tu vais sentir o toque, que não passam de fábulas e histórias de encantar e que tu realmente sentes o meu toque, as minhas lágrimas, o meu sofrimento. Mas desde cedo que percebi que nada disso existe. Passam horas, dias, meses, sem te ver, sem te embalar, sem te aconchegar, sem te beijar ou acariciar.
Tenho saudades de ouvir a tua respiração junto do meu ouvido, de me acariciares o cabelo e perguntares "amas-me?". Porque nada me arrepia mais que o teu respirar no meu ouvido, sentir a tua cara no meu pescoço mas a distância tira-me tudo isto! Tira-me a capacidade de te poder tocar, beijar sempre que queira. Tira-me a capacidade de te proteger, de estar contigo! Tira-me a capacidade de te sossegar e dizer-te ao ouvido "eu estou sempre do teu lado" porque estou. Não importa a que distância estamos ou quanto tempo estamos juntos, o que importa é que eu estou sempre do teu lado, no teu coração e na tua cabeça e tu estás sempre no meu coração e no meu pensamento. É disto que vive a saudade, do sofrimento das outras pessoas, do sufoco em que elas vivem!
Já chorei a pensar em ti, já sorri contigo, já lutei por ti, por nós. Já te disse que fugia para estar perto de ti, para te poder abraçar e beijar. Já te disse que te amaria sempre e que vou estar sempre do teu lado, que só te quero a ti, que não vivo sem ti, sem nós, que és tudo o que me move, tudo o que me faz seguir em frente!
Vamos afastar esta distância, este silêncio, este sofrimento, esta solidão. Não faças o que os outros dizem, segue o teu coração, luta por mim, por nós...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelo teu comentário! É muito importante!