That Girl: T.S - Ainda penso em ti

sábado, agosto 22

T.S - Ainda penso em ti



Sim é verdade. Eu ainda penso em ti. Muitas das vezes quando me perco nos meus pensamentos tu vens-me à cabeça. Lembro-me de tanta coisa que disseste, que eu disse, que tu fizeste, que eu fiz. Lembro-me de cada pormenor, lembro-me de cada coisa que aconteceu durante aqueles anos. Podem não ter sido muitos anos mas foram os suficientes para me aperceber que não eras um simples amigo. Foram poucos mas deu para eu me apaixonar por ti lentamente. Por ti, pelo teu lado que só eu via, que mais ninguém via. Se calhar até nem tens esse lado, eu é que queria tanto esse lado que se calhar acabou por ser só mais uma coisa da minha cabeça.
Sim, eu amei-te. Por muito que digas que não, que só te usei, que nunca te amei de verdade, a verdade é que amei e se calhar é por isso que ainda penso tanto em ti, por te ter amado tanto e com tanta intensidade. Se calhar foi erro meu, com tanta gente no mundo e eu tinha logo que me apaixonar por ti. Mas houve algo que eu nunca cheguei a perceber, que diferença te faria se eu nunca te tivesse amado? Tu não me amavas. Faria alguma diferença eu não te ter amado? Não, não fazia!
Sabes, custou-me muito ouvir certas coisas que disseste. Custou, particularmente, quando me disseste que tinha sido tudo uma brincadeira, que eu tinha levado tudo a sério. Parece que fingir sentimentos para ti é fácil. Parece que uma palavra que para pessoas significa o mundo, para ti não passa de uma palavra! Sim, essa palavra que estás a pensar. O "amo-te" que para muitas pessoas é motivo de felicidade, para ti serviu de motivo de gozo! Não imaginas, ninguém imagina o quanto chorei, sofri, tudo por ti e só por ti! Não sabes quantas vezes pus aquela música vezes e vezes sem conta! Passava dias a ouvir só essa música. Quando acordava, quando me deitava, quando tentava dormir, quando não fazia nada, quando pensava em ti. Era essa a música que estava sempre presente.
Para ti todas as chamadas, todas as videochamadas, todo o tempo que gastaste comigo, todas as palavras, tudo o que fazias e dizias, não passava de um passatempo. Um passatempo par tentar esquecer o que se tinha passado. Afinal, quem é que foi usado no meio de tudo isto? Boa pergunta!
Só quero que saibas que ainda penso em ti. Ainda custa olhar para o teu contacto e não mandar mensagem. Ainda custa ver quem está online e estares lá tu, quase em primeiro, por muito que queira não sais de lá. Por muito que queira, não sais da minha cabeça. Às vezes pergunto-me, porque é que ainda penso em ti? Mas sinceramente, nem eu sei!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelo teu comentário! É muito importante!